"... herdamos dos portugueses uma palavra
que traduz muito bem o agradecimento mais
sentido e sincero. Essa palavra é breve e
condensada... Obrigado é esse vocábulo...
Considero que as honrarias a mim atribuídas
cabem, isto sim, a muitos... Sou, quando
muito, um símbolo casual e feliz da Bahia que
trabalha em determinada seara."

 
 

Prêmio Literário Aliança da Bahia
Salvador, 1950, conferido a Povoamento da Cidade do Salvador, 1949.

Prêmio Caminhoá

Governo do Estado da Bahia, 1951, conferido a Povoamento da Cidade do Salvador, 1949.

Prêmio Cultural de Interpretação do Brasil e Portugal Larragoiti Jr.

Academia Brasileira de Letras, 1951, conferido a Povoamento da Cidade do Salvador, 1949.

Cavaleiro da Ordem Eqüestre de São Silvestre Papa

Conferido por Pio XII, 29 de maio de 1957.

Número especial de Universitas, Salvador:
UFBA, n. 6/7, mai./dez. 1970. 522 p.
Com artigos de 34 colegas nacionais e estrangeiros em homenagem a sua carreira como professor da Universidade Federal da Bahia. Publicação organizado pelo Prof. Valentin Calderon de la Vara, chefe do Departamento Cultural da universidade.

Primeiro Prêmio
Certame de Letras Biênio da Colonização e imigração
Governo do Estado do Rio Grande do Sul, 1975, conferido a Italianos e gaúchos; os anos pioneiros de colonização italiana no Rio Grande do Sul (1975).


Medalha Machado de Assis
Academia Brasileira de Letras, 1977.

Prêmio Wanderley Pinho
Fundação Cultural do Estado da Bahia, 1978, conferido a Igreja e Estado em tensão e crise: 1978.

Professor Emérito
Universidade Católica do Salvador, 1979.

Ordem do Mérito
Governo do Estado da Bahia, 21 de dezembro de 1981.

Professor Emérito
, Universidade Federal da Bahia, 24 de março de 1982.

Prêmio Machado de Assis
Academia Brasileira de Letras, pelo Conjunto da Obra, proposto por Jorge Amado. Sessão solene na Academia em 29 de agosto de 1985, com discurso de saudação por Afrânio Coutinho, referindo-se ao prêmio como “a mais ilustre láurea brasileira”.

Comemoração dos 80 anos
Promovida pelo Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, Academia de Letras da Bahia, Conselho Estadual de Cultura, Universidade Federal da Bahia, Fundação Cultural do Estado da Bahia e Associação Brasileira de Antropologia, sob a liderança da Profa. Consuêlo Pondé de Sena, diretora do Centro de Estudos Baianos, UFBA. Sessão solene no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, em 28 de agosto de 1984, com discurso de saudação por Pedro Calmon.

Homenagem
da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Ciências Sociais
Reunião Anual, Campos de Jordão, 1986.


Presidente de Honra
Associação Brasileira de Antropologia, desde 1988.

Comendador

Ordens Honoríficas de Portugal, 1989.

Comemoração dos 50 anos de publicação do primeiro livro em Ciências Sociais
(Gaúchos, 1943)
Promovida pelo Governador do Estado, Secretaria de Educação e Cultura do Estado, Conselho Estadual de Cultura, Conselho Estadual de Educação, Prefeitura da Cidade do Salvador, Universidade Federal da Bahia, Academia de Letras da Bahia, Fundação Casa de Jorge Amado, Fundação Gregório de Matos (Prefeitura de Salvador), Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, Empresa Editorial A Tarde, Memorial do Banco Econômico – Museu Eugênio Teixeira Leal, Arquivo Público do Estado, Centro de Estudos Baianos (UFBA), Empresa Gráfica da Bahia (Governo do Estado), Escola de Música (UFBA), Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (UFBA), Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC/Bahia), Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB), Museu de Arte da Bahia, Academia Baiana de Educação, Academia Baiana de Medicina, Academia de Letras “Mater Salvatoris”, Associação Brasileira de Lingüística, Centro Gaúcho da Bahia e Fundação José Silveira, sob a liderança do Prof. Waldir Freitas Oliveira, Presidente do Conselho Estadual de Cultura. Sessão solene na Academia de Letras da Bahia em 2 de dezembro de 1993, com discurso de saudação pelo Governador Antônio Carlos Magalhães.

Exposição NAMORO À ANTIGA
Homenagem ao livro As regras do namoro à antiga (1986), Museu de Arte da Bahia, Dez. 1993/Jan. 1994. Projeto e organização da Profa. Sylvia Athayde, na época diretora do museu.

Medalha Tomé de Souza
Câmara Municipal da Cidade do Salvador, 1993. Proposta e discurso de saudação pelo vereador João Carlos Bacelar Baptista.

Pesquisador Emérito
Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, 1994.

Colégio Estadual Thales de Azevedo

Parque Metropolitano Costa Azul, Salvador, Governo do Estado, 1997.

Biblioteca Pública Thales de Azevedo

Parque Metropolitano Costa Azul, Salvador, Governo do Estado, 1997.